e-Commerce: Vendas Crescem 27% no Nordeste

No finalzinho do mês passado, recebi um email que perguntava quanto eu investiria para comprar um bilhete premiado. Engraçado o quanto essa pergunta me fez refletir. Quanto eu pagaria por um bilhete se tivesse a certeza que iria ganhar o prêmio. Fiquei intrigado com a proposta do email e aceitei o desafio. Vou te mostrar agora como investir no seu bilhete premiado.

Acredito que o e-Commerce é o bilhete premiado para todos os comerciantes e varejistas do Nordeste, por isso reúno nesse artigo tudo o que você precisa saber para investir no seu bilhete premiado e começar a ter um aumento real na receita do seu negócio.

Está interessado? Continue lendo e saiba o quanto as vendas no digital cresceram no mercado brasileiro e porque o e-commerce é considerado por muitos especialistas a principal tendência de investimento para 2019.

e-Commerce apresentou 24% de crescimento no mundo todo

A pesquisa realizada pela Ebit | Nielsen e publicada no início deste ano diz que 58 MILHÕES de brasileiros efetuaram pelo menos 1 compra online em 2018. São 58 milhões de pessoas, comprando online. Isso prova o quanto a confiança no mercado digital tem amadurecido no nosso país. E os pontos positivos não param por aí.

O crescimento das vendas pelo e-commerce alcançou 2,9 trilhões de dólares em 2018, um aumento de 24% em todo mundo. Ásia e Pacífico (+30,3%) lideram o ranking segundo o portal eMarketer. Aqui na América Latina, o crescimento foi de 17,9%.

O e-commerce é uma ótima oportunidade para empresário que deseja aumentar suas vendas. Isso porque as vendas online chegaram a ter um crescimento 5 vezes maior que o varejo tradicional e mais, o resultado de receita do e-commerce em todo o mundo representa apenas 12% do share de vendas. Trazendo para o mercado nacional, foi apenas 2,7% do consumo total. Ainda tem muito para crescer.

Como todos sabemos, no jogo empresarial, ganha quem começa primeiro. Por isso, estamos presenciando grandes redes de varejo migrando seus negócios para loja online, investindo em performance e em estratégias do marketplace. Mas se engana quem acredita que apenas as grandes marcas devem investir em e-commerce. Na internet, negócios de pequeno e médio porte brigam de igual para igual com os grandes nomes do mercado nacional.

O consumidor brasileiro é conectado, contestador e consciente

A jornada que o cliente percorre para comprar um produto ficou mais complexa nos últimos anos. Isso não quer dizer que está mais difícil. Apenas que agora o cliente não segue uma linha reta entre descobrir a sua marca > saber que precisa do produto que você oferece > fazer pesquisas sobre reputação/autoridade da sua empresa e sobre a qualidade do produto > e finalmente realizar a compra. (Ver imagem abaixo)

Funil de Vendas e Jornada do Cliente
Funil de Vendas Tradicional: Jornada que o cliente percorre para realizar uma compra

Em 2018, por exemplo, foi constatado que anualmente o brasileiro visita em média 8 canais diferentes para fazer suas compras. Isso comprova que o consumidor brasileiro é conectado e utiliza as redes sociais também para se comunicar com as empresas.

Sabendo disso, da evolução constante da tecnologia e dos aprimoramentos nos algoritmos dos sites de buscas e redes sociais, que visam oferecer a melhor experiência para o usuário, a jornada de compra do consumidor é representada pelos micro-momentos(Ver imagem abaixo)

Segundo o Think with Google, o fato do usuário receber muita informação no digital torna sua atenção dispersa. Ele tende a filtrar, ou até mesmo ignorar, mensagens e publicidade. Por isso, a chance da sua empresa chamar a atenção desse usuário no micro-momento é maior, pois é nesta hora que está receptivo à mensagem.

Os micro-momentos são divididos em quatro pequenos momentos e são exclusivos para atender uma necessidade específica para aquele momento mesmo: o “momento eu quero saber”, o “momento eu quero ir”, o “momento eu quero fazer” e o “momento eu quero comprar”. Parece redundante, mas não é. Estes são os momentos que o usuário está procurando respostas, descobrindo novos conceitos ou decidindo uma compra.

 

Jornada do cliente com micro-momento do usuário no Google
Os quatro micro-momentos, segundo o Think with Google

Nordeste cresceu 27% nas vendas online

O Nordeste foi a região que mais teve aumento nas vendas pelo e-commerce, chegou a 27%. Em números reais, o faturamento foi de R$7 bilhões. Mas, ainda é uma parcela pequena do mercado, representando apenas 13,2% do share de vendas nacional. (Ver imagem abaixo)

Agora, pensa comigo. Enquanto o varejo tradicional está em queda, o e-commerce não para de crescer. É ou não é um bilhete premiado? Mas calma, não é só colocar os produtos no site e achar que eles se venderão sozinhos. É preciso traçar um plano eficiente para engajar a marca com o público na hora certa.

Sei que, como a correria do dia a dia é grande, quase não sobra tempo para pensar nestes pormenores. Por isso, digo a você que pode contar comigo para fazer do seu e-commerce a sua loja número 1 em vendas. Possuo a expertise e o know-how para que empresas como a sua estejam sempre em ascensão, assim como o e-commerce Sacolao.com, um verdadeiro case de sucesso. 

Pesquisa da webshopper 2019 sobre vendas do e-commerce no nordeste brasileiro
Fonte: Webshopper 2019

Leia também: Agência Método prepara lojas físicas para vender pela internet

Matheus Mascena

LinkedIn Administrador. Business Success na Método. Diretor de Negócios da CDL Jovem Natal que é a maior do Brasil com mais de 230 associados. Presta consultorias relacionadas a implantação, otimização da performance e transformação digital em operações de varejo e franquias. E também atua como mentor na área de marketing e mercado em Hackathons.

Deixe Seu Comentário

Your email address will not be published.

Atendimento por Whatsapp