Marketplace: o que é e como usá-lo para alavancar suas vendas

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
marketplace

 

Sabe o que a Amazon, Uber e Mercado Livre têm em comum? Os 3 são marketplaces de sucesso mundial!. Portanto, é notório que o Marketplace tem se tornado uma opção extremamente promissora para lojistas conseguirem reconhecimento no mundo todo.

No Brasil, o mercado de marketplace cresceu 90,7% de 2017 a 2018, conforme pesquisa da Precifica. Isso significa que tanto os empresários estão optando por esse modelo de comércio, como o público tem buscado mais alternativas de compra acessível. Ou seja, o Marketplace tem sido esse espaço acessível, além de também proporcionar estratégias extremamente benéficas à muitas lojas.  

Você sabe quais estratégias podem ser implementadas pelo Marketplace para expandir sua loja e conquistar muitos clientes? Nesse post te mostraremos quais são elas!

Boa leitura! 

 

O que é e como funciona o marketplace?

O Marketplace é mais conhecido como “shopping virtual”, nele você encontra um espaço livre para vendedores implementarem suas lojas e os compradores terem livre acesso a verem todos os produtos. Em suma, nesse modelo, o cliente pode comparar os orçamentos de várias lojas e os vendedores divulgar seu trabalho por meio de uma “vitrine online”. 

No Marketplace não há preocupação pro lojista sobre a estrutura, ele apenas usufrui dela. Por isso, não tem responsabilidade de fazer manutenção, recursos digitais, ou até divulgações, porque tudo isso vem junto com a própria plataforma. 

Ele funciona de forma bastante simples. Primeiro os vendedores têm acesso a plataforma para cadastrar sua loja com seus produtos e serviços. Assim, o administrador do Marketplace vai estar por dentro gerenciando os vendedores, se preocupando com a manutenção, divulgação das lojas, facilitação de operações, etc.

Efetivamente, vale lembrar que os lojistas precisam dar uma mensalidade ou um determinado valor ao administrador do Marketplace para garantirem seu espaço. Por fim, os consumidores têm total acesso às lojas, podendo fazer suas compras, navegar pela plataforma, conhecer as lojas, comparar produtos, etc. 

 

Diferenciais do marketplace para seu negócio: 

O Marketplace dá muitos diferenciais específicos aos lojistas. Observe as vantagens desse modelo de comércio: 

1- Alta visibilidade:

A alta visibilidade é uma característica nítida em marketplace, porque o público busca mais ambientes de diversas opções e variedades de produtos. Então a procura por marketplace às vezes é muito maior do que de lojas individuais, fazendo mais pessoas conhecerem sua loja. 

2-  Aumento de vendas: 

Se há alta visibilidade, tem mais chance das pessoas comprarem seus produtos. Bem como, pelo alto tráfego, podem haver muitas compras por impulso, de outras localidades, indicação de produtos, dentre outros que estimulam os usuários a comprarem

3- Mais conhecimento sobre seu nicho de produtos:

No marketplace podem ter mais de uma loja da mesma categoria de produtos que a sua, ou seja, você pode sempre estar atento aos seus concorrentes e fazer estratégias que diferenciam seu negócio dos demais. 

4- Identificar os produtos de maior destaque:

Se sua loja além de estar em um marketplace, ter também um e-commerce, o marketplace pode levar mais tráfego para a sua loja, aumentando as conversões. E isso ocorre com os produtos que mais chamam atenção, ou seja, você consegue analisar quais deles têm maior procura pelos usuários e propor promoções, campanhas, um marketing criativo, etc. 

 

Como alavancar suas vendas com o marketplace: 

Já entendemos como o marketplace pode ser vantajoso para seu negócio, mas sabemos também que sempre há estratégias mais ousadas para serem implementadas e aumentar o número de vendas. Destacamos aqui algumas delas:

1- Busque os melhores canais de venda:

Os canais de venda vão ser os veículos que levarão seus produtos ao público, então é necessário escolher com muita atenção aqueles em que seus produtos de curva A têm maior aderência. Com isso sua loja tem mais chances de conseguirem conversões de vendas. 

2- Possua operações mais modernas:

Não é nada atrativo sites lentos, operações burocráticas e dados desatualizados. Por isso é importantíssimo uma tecnologia detalhada, com ferramentas totalmente integradas, atualização de preço e estoque, operações simplificadas e seguras, dentre outros. 

3- Coloque preços competitivos:

Os usuários podem sempre comparar preços no Marketplace, logo, se os produtos da sua loja tiverem o melhor preço e melhor qualidade comparado as outras, você poderá ter muitas vendas. Além de que, é possível ficar monitorando a concorrência. 

4- Se importe com a apresentação dos produtos:

O marketplace forma um catálogo virtual variadíssimo de muita concorrência. Por esse motivo, cada detalhe importa para a apresentação da sua marca. Invista em fotos nítidas de qualidade, e descrição detalhada dos produtos. É indicado também exercer uma linguagem persuasiva e outras estratégias de marketing. 

5- Coloque o valor de frete mais acessível:

Quem não ama um frete grátis? Essa é uma ótima tática para atrair clientes. Mas nem sempre isso é possível, então mesmo que haja uma taxa de entrega, ela deve ser condizente com a localidade e qualidade de entrega, a fim de ter o menor valor possível. Com frete baixo, sua loja chamará muito mais atenção e gerará mais compras.

6- Conquiste boas avaliações: 

No marketplace é possível os clientes avaliarem sua loja, e muitos futuros clientes vão procurar essas avaliações para saberem se podem confiar na marca. A fim de cativar esses elogios, é fundamental o cumprimento da data de entrega, cuidado com o produto e sua qualidade. Ademais, um diferencial seria dar junto com o produto um brinde, bilhete, cartão afetivo da loja, dentre outros, esses detalhes cativam o consumidor. 

7- Invista nas datas comemorativas:

As datas comemorativas são os melhores momentos para alavancar as vendas. Por essa razão, é muito assertivo investir em promoções, campanhas, kits, que tenham a ver com determinado feriado ou evento. Podendo assim, ter sua vitrine bastante criativa e temática no marketplace para atrair compradores. 

8- Integre a sua loja virtual:

Muitas plataformas de marketplace permitem você integrar a maioria dos suportes de lojas virtuais. Com isso, essa integração aumenta o fluxo de pessoas na sua marca, independente do ambiente virtual. Além disso, esses clientes vão poder ter experiências diferentes da sua própria marca, tanto no marketplace de forma mais rápida e simples, como no e-commerce de forma mais completa.  

 

Gostaram das dicas?

Desejamos que sua loja possa ter grandes resultados com essas estratégias!

Deseja saber mais sobre comércio virtual e receber mais dicas valiosas como essas? continue navegando no nosso site clicando aqui.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Aproveite e veja também

Buscando uma agência
para implantação
de e-commerce?