SEO para e-commerce: descubra como ter mais visibilidade em seu site

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
SEO para e-commerce

Pode parecer um pouco evidente, mas uma das primeiras iniciativas de um usuário ao decidir fazer uma compra online é procurar pelo produto em sites de busca, como o Google. Por isso, é essencial que você tenha boas estratégias de SEO para e-commerce. 

De acordo com Sebrae,  92% de todo o tráfego de pesquisas está na primeira página do buscador e 33% desses internautas encontram o que procuram no primeiro resultado orgânico, sabia disso?

Por exemplo, o buscador mais famoso do mundo recebe mais de 100 bilhões de buscas por mês. Assim, varejistas de todos os segmentos de e-commerce devem estar atentos às formas de destacar seus produtos organicamente, trabalhando pelo maior posicionamento entre tantos outros.

No caso de um e-commerce, o SEO tem um impacto realmente significativo nas vendas. Quanto mais usuários interessados no que você oferece, maior é a possibilidade de ver as taxas de conversão subirem!

Então, você não vai deixar passar essa chance, certo?! Se você está em busca de dicas para aplicar no seu site, preparamos este post com tudo sobre SEO para e-commerce. Vamos lá?

Boa leitura! 

O que é SEO?

Antes de qualquer coisa, você precisa entender o que é o SEO.

O SEO (search engine optimization) é um conjunto de técnicas para otimizar o posicionamento de um site nos resultados de busca orgânica. Na verdade, essa é a consequência da aplicação das estratégias. A grande razão de trabalhar o SEO é levar para um outro nível a experiência dos usuários.

E essa deve ser a mentalidade de quem trabalha hoje com SEO: focar no usuário, não no buscador. Isso significa oferecer conteúdos de qualidade, um layout agradável, uma navegação eficiente, entre algumas outras ações que vamos citar neste post

Dessa forma, trabalhar esses itens enviará sinais ao Google de que você está oferecendo uma ótima experiência para as pessoas e que seu site é uma referência para o seu público. Acredite, ele sabe reconhecer seus esforços. Experiência do usuário é hoje a essência do SEO.

Qual é a importância do SEO para e-commerce?

Agora que você já entendeu o que é, talvez esteja se perguntando, por que seu site deve entrar nessa competição de estar entre as primeiras posições do Google?

Vamos lá. Imagine que algumas pessoas estão na dúvida de qual o melhor restaurante da região, qual destino escolher para as descansar ou como se faz origami. O Google é o primeiro recurso usado pelas pessoas para resolver suas questões e para ajudar em suas pesquisas. 

Além disso, já vimos que os usuários não passam dos primeiros resultados da busca para encontrar a resposta que desejam. Então, se você estiver bem posicionado, têm grandes chances de receber o clique e solucionar o problema de quem está precisando.

Viu os benefícios que você tem neste processo de otimização do SEO para e-commerce? Além disso, você consegue:

  • Conquistar a confiança do usuário, por solucionar um problema dele;
  • Atrair tráfego orgânico, sem investimento em mídia;
  • Ganhar autoridade no mercado, estando à frente dos concorrentes;
  • Atrair tráfego qualificado, de pessoas com interesse claro pelo seu conteúdo;

Assim, ao longo do tempo você vai perceber o impacto no tráfego do seu site e nas suas conversões. Agora, vamos às dicas para fazer esse processo ser um sucesso. 

5 técnicas de SEO para e-commerce que você precisa adotar

Por ainda ser um mecanismo desconhecido ou pouco valorizado por algumas empresas, o SEO entrega muitas oportunidades de crescimento, mesmo em um mercado competitivo como o que vemos hoje.

Segundo o Relatório SEO Trends, 32% das empresas brasileiras não adotam nenhuma estratégia de SEO.

Por isso, saiba agora quais são as otimizações fundamentais para sair na frente com seu e-commerce.

Palavra-chave

As palavras-chave são o fundamento de qualquer técnica de SEO para e-commerce. Elas são a ferramenta pela qual os consumidores chegam às lojas virtuais de diversos segmentos.

Assim, estabelecer as palavras-chave corretas é um dos segredos para ranquear bem o seu site. Afinal, elas vão determinar o quão facilmente o comprador vai achar a sua marca nas buscas.

Existem dois tipos de palavras-chave: as head tail, que são termos curtos e gerais (como “geladeira”), e as long tail, que são expressões de pesquisas mais específicas (como “geladeira brastemp frost free frete grátis”). 

Esse segundo grupo costuma ser mais eficiente para ranquear melhor o seu site em meio a nichos particulares e garante taxas de conversão mais altas.

Onde inserir palavras-chave?

Após o estudo de palavras-chave, você estará apto a inserir os melhores termos e seus sinônimos em locais estratégicos na página de produto e categorias, como por exemplo: 

  • na URL, preferencialmente em letras minúsculas;
  • no meta título, que é o título que aparece para o usuário na página de resultados;
  • na meta descrição, que é a descrição da sua página no buscador;
  • no H1, que é o título principal da página;
  • nas imagens correspondentes ao produto e no arquivo que será upado para o site;
  • no resumo do produto dentro da loja virtual.

Embora as descrições não sejam um fator direto de ranqueamento, elas são a oportunidade que você tem para cativar o consumidor.

Link building

Montar uma estrutura de links internos é uma das estratégias de SEO para e-commerce mais importantes. Com os inbound links bem construídos e “conversando” entre si, o varejista consegue manter o usuário navegando entre páginas de produtos. Além disso, tende a aumentar não só sua permanência como a taxa de conversão.

Então, os links internos em e-commerce são bastante utilizados para sugerir produtos semelhantes. Também são boas práticas para outras versões do mesmo produto e para promover o “compre junto”.

Páginas completas

Descrições, imagens, detalhes técnicos, sugestões de uso, guias de compra, demonstrações, vídeos, avaliações, comparativos, perguntas e respostas, entre outros, por exemplo. Aproveite os diferentes formatos de conteúdos.

Quanto mais informação para o usuário, mais tempo ele ficará na página e mais maduro para a compra ele estará. E não tem problema algum se o conteúdo ficar extenso.

Velocidade de carregamento

Em 2010, o Google anunciou que a velocidade de carregamento entraria para o seu algoritmo de ranqueamento. Eles já haviam percebido como o tempo de espera prejudica a experiência do usuário e diminui os page views e as conversões de um site, por exemplo. 

Dessa forma, você pode começar a corrigir essa questão acessando o PageSpeed Insights, fornecido pelo próprio Google, que dá várias sugestões de melhoria.

Um erro comum que pode prejudicar o carregamento das páginas, por exemplo, é o uso de imagens não compactadas. O site pode conter imagens de ótima qualidade e facilmente compactadas por meio de aplicativos ou salvando em formato web no Photoshop.

Estrutura do site

Assim, à medida que você vai organizando os produtos no seu e-commerce, é importante pensar na arquitetura da página.Desde a sua home até as categorias das mercadorias, a hierarquia de navegação precisa estar clara e seguir uma lógica.

Isso ajuda os mecanismos de busca e também na experiência do usuário. Os chamados breadcrumbs podem auxiliar nisso. Eles são como o caminho que a pessoa fez desde a página inicial até a do produto.Essa trilha pode aparecer no topo da tela e facilitar quando o usuário quiser retornar à etapa anterior.

Por exemplo: página inicial > roupas femininas > calças > produto escolhido.

SEO não é um projeto para ser executado uma vez e nunca mais. SEO é um processo contínuo. Assim, você deve estar sempre de olho no seu site para que ele não perca o posicionamento e se mantenha com a confiança do consumidor.

Se você precisa de ajuda para melhorar o posicionamento do seu site, fale com a gente. Temos especialistas em SEO para e-commerce e com certeza trabalhar essas estratégias com certeza irá fazer seu negócio ter mais visibilidade. 

FALAR COM UM ESPECIALISTA

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Aproveite e veja também

Buscando uma agência
para implantação
de e-commerce?