5 dicas práticas para aumentar as vendas na sua loja virtual

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
aumentar as vendas

Para muitos, ter uma loja virtual pode parecer mais simples do que abrir uma loja física. Mas, quem vende produtos e serviços em plataformas digitais sabe que o planejamento e os processos diários requerem os mesmos esforços para garantir uma boa experiência de compra ao consumidor e aumentar as vendas na sua loja. 

Por mais que as suas vendas estejam indo bem, é de extrema importância analisar o seu negócio. Observe as estratégias que está aplicando e veja o que pode ser melhorado ou até mesmo pense em novidades que podem ser implementadas. 

Fazendo esse diagnóstico, fica mais fácil identificar o que pode ser feito para aumentar as vendas do seu e-commerce.

Pensando nisso, separamos algumas dicas práticas para te ajudar a aumentar as vendas em seu e-commerce. Quer saber quais são? Então, continue lendo este material! 

Boa leitura!

5 dicas práticas para aumentar as vendas na sua loja virtual

Invista no layout 

Conhecer bem o target do seu produto é peça-chave da criação de um layout atrativo. Apesar de ser só 10% de todo planejamento de um e-commerce, definir a forma e o conteúdo da página tem efeito direto nas vendas. 

Dê atenção especial na escolha do layout de sua loja. É fundamental que ele seja simples, limpo e intuitivo, para que seus clientes encontrem o que procuram de forma prática e rápida. 

Sites com boa usabilidade e simplificados, em que o usuário não precisa ficar procurando o botão “comprar” e não são bombardeados com uma avalanche de informações de venda garantem mais satisfação do consumidor.

Aposte no atendimento Omnichannel 

Clientes gostam de ter opções de compras diferenciadas, inclusive de atendimento. É aí que entra o atendimento Omnichannel. Mas o que é e por que oferecer esse tipo de atendimento no e-commerce?

O Omnichannel nada mais é do que uma estratégia que integra todas as formas de atendimento que uma empresa pode ter. Ou seja, o formato permite que o cliente converse com a empresa por diferentes canais de atendimento, como chat online, redes sociais, e-mail, telefone e até mesmo a loja física.

Mas o importante é que essa estratégia permite o acompanhamento de todo o histórico de atendimento em uma única plataforma. Dessa forma, você pode responder a todas as perguntas de forma mais rápida e eficiente.

Isso ajuda a atrair mais clientes e até mesmo influencia na decisão de compra dele, solucionando problemas e tirando dúvidas.

Se você quer saber mais sobre Omnichannel, preparamos um conteúdo completo sobre o tema. Para acessar, é só clicar aqui! 

Otimize o uso do Mobile 

Esse é um detalhe que pode passar despercebido na hora de criar o site da loja. Geralmente, os sites são pensados para a versão desktop (notebooks e PCs), mas as adaptações para a versão mobile – ou seja, smartphones e tablets – não são levadas em consideração. 

Isso pode se tornar um problema. Hoje em dia, grande parte das pessoas utilizam os smartphones para finalizar uma compra online, já que a jornada de compra dentro do site é a mesma no celular. 

Por isso, ao criar o seu site, lembre-se desse termo aqui: Mobile First, onde você cria primeiro o projeto para o celular, para só depois pensar nas adaptações para o computador.

Assim, melhorando a usabilidade do cliente no site por meio do celular, garantindo navegação sem dificuldades. Isso mostra que você entende o comportamento do consumidor e traz soluções para aprimorar o seu serviço.

Tenha um sistema de gestão integrada

Além de escolher uma plataforma em que o site será montado, você deve ter um ERP. É com um sistema de gestão que você terá o controle de todos os setores da empresa, como estoque, ordem de serviços, logística, compras, contabilidade, emissão de Nota Fiscal. 

O acesso dessas informações por um software integrado permite a centralização dos processos e otimiza a rotina do gestor.

Há opções gratuitas e de baixo custo, com diferentes módulos de acordo com cada necessidade, como integração com marketplaces, e-commerces e plataformas de frete. Com isso, é possível planejar ações e monitorar resultados para gerar oportunidades de crescimento do negócio.

Utilize técnicas de SEO 

SEO é essencial! Trata-se do idioma criado para nos comunicarmos com os robôs do Google – até mesmo offline. 

Executado por meio de algoritmos, eles se fundamentam a partir de estudos sobre psicologia humana para qualificar a experiência do usuário e lhe apresentar a melhor opção dentre uma infinidade de sites.

SEO tem relação com um conjunto de técnicas que, juntas, podem otimizar sites, páginas e blogs, levando-os para o topo da primeira página de buscadores, como o Google, por exemplo. 

O uso de técnicas de SEO é uma ótima estratégia para aumentar as vendas no seu e-commerce. Você não precisa ser um expert em SEO, mas é importante conhecer pelo menos o básico destas práticas.

Você consegue disputar o topo das primeiras páginas de busca ao incluir palavras-chave na descrição do produto no site, por exemplo, ou com alguns dos pontos abaixo. 

  • Salvar as imagens com os nomes do arquivo incluindo a palavra-chave
  • Repetir a palavra-chave ao longo da descrição do produto e no título (mas sem exageros)
  • Criar um título atrativo e original com essas palavras-chave

Se você quer saber mais sobre SEO, preparamos um conteúdo completo sobre o tema. Para acessar, é só clicar aqui! 

Esteja em um Marketplace

Uma das maiores dificuldades para vendedores online é atrair tráfego de visitantes para os sites. Ao vender em um marketplace, os anúncios dos seus produtos estarão presentes em lojas virtuais com milhões de visitas por dia, dessa forma aumentando o número de clientes em potencial.

Esse sistema é vantajoso tanto para as empresas que oferecem o serviço, quanto para os lojistas. Uma vez que as lojas têm mais produtos para anunciar e ganham parte da comissão pela venda, enquanto os comerciantes têm uma possibilidade de aumentar as vendas consideravelmente com um investimento relativamente baixo.

Todas as vendas são feitas dentro de uma mesma plataforma, incluindo toda a parte financeira dos pedidos. O comerciante, conhecido como Seller é responsável pela entrega do produto, desde a emissão da Nota Fiscal até o despacho e acompanhamento da entrega.

Assim, depois que você assina contrato com o marketplace já pode perfeitamente começar a vender e já ter resultados em pedidos.

Se você quer saber mais sobre Marketplace, preparamos um conteúdo completo sobre o tema. Para acessar, é só clicar aqui! 

E aí, gostou das dicas práticas que separamos para você sobre como aumentar as vendas da sua loja virtual? Mas, há muito mais conteúdos como esse que podem te auxiliar a crescer como empreendedor. 

Converse agora com a nossa especialista para implementar essas estratégias na sua loja virtual! Temos certeza que podemos te ajudar!

[maxbutton id=”2″ url=”http://wa.me/558496269315″ ]

 

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Aproveite e veja também

Buscando uma agência
para implantação
de e-commerce?