10 passos para implantar o seu e-commerce de sucesso

Implantação de e-commerce

Implantar um e-commerce não é uma tarefa fácil, precisa de muita dedicação e organização para que a loja tenha sucesso no digital. Porém, investir nessa área pode ser exatamente o que seu negócio está precisando. 

De acordo com o Compre&Confie, o e-commerce brasileiro faturou R$ 9,4 bilhões apenas em abril. Um aumento de 81% em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, foram 24,5 milhões de compras online, aumento de 98% em relação a abril de 2019.

Sendo assim, fica claro que o e-commerce não é apenas uma oportunidade para os próximos anos e nem apenas para outros empreendedores. Esse é um negócio do presente e também é para você. 

Por isso, como forma de ajudar nesse processo, separamos 10 passos para você montar seu  e-commerce de sucesso.

1- Estude o seu mercado

Antes de tudo, é muito importante entender como se comporta o seu segmento no meio digital. Isso deve ser feito a partir de uma pesquisa de mercado. Nela contém análises sobre os seus concorrentes, consumidores e produtos. Tudo isso vai ajudar a sua equipe a estruturar melhor a sua loja virtual.

Esta pesquisa de mercado a própria empresa pode fazer ou terceirizar para empresas especializadas nisso.

2- Entenda o seu público alvo

Compreender qual é o perfil do seu consumidor e a  jornada de compra dele no online, ajuda a sua equipe a estabelecer estratégias que sejam focadas em  alcançar esse público e transformar essas pessoas em clientes.

Isso também pode ser descoberto por meio pesquisa de mercado.

3-  Contrate uma agência

Não adianta ter apenas um produto de qualidade, se o cliente não entende o valor, ou tão pouco, sente a necessidade de possuir seu produto.

Com muita gente disputando o mesmo espaço é necessário ter estratégias de marketing digital para se destacar entre a concorrência.  

Sendo assim, a contratação de uma agência te ajudará em vários aspectos, entre eles: 

  • Escolha da melhor plataforma;
  • Processo de implantação;
  • Entender as funcionalidades ideais;
  • Treinamento da sua equipe;
  • Montar estratégias junto a sua equipe.

Logo, se você ainda não tem uma agência para implantar o seu e-commerce, Clique aqui e fale com o nosso especialista!

4- Pesquise a melhor plataforma para o seu negócio

Cada plataforma apresenta um conjunto de funcionalidades, umas mais completas e outras mais simples.

É essencial que você tenha em mente que seu website precisa agregar atividades específicas, como por exemplo:

  • Facilidade para cadastrar produtos e descrições; 
  • Agilidade no carregamento das páginas – para evitar a perda de vendas;
  • Possibilidade de customização do layout e;
  • Elementos de segurança para efetuar pagamentos. 

Dessa forma, ao pesquisar uma plataforma de e-commerce, analise a largura da banda, a compatibilidade, confiabilidade e seu nível de segurança. Assim, identifique que plataforma mais se adequa e atende as necessidades do seu negócio. 

5- Invista em segurança e antifraude

Temos acesso a uma pequena quantidade de todas as informações que estão no online, muitos dados e segredos  rodam na internet . Nesse sentido, é sempre importante proteger a sua loja e os seus consumidores de possíveis problemas que possam ocorrer no site. Devido a isso o investimento na segurança do site e em processos antifraudes são fundamentais.

6- Escolha as formas de pagamento

Existem duas formas de estruturar o pagamento na plataforma, são elas:

  • Contratar intermediadores de pagamento, ou seja, empresas terceirizadas para fazer essa transação, por exemplo: PayPal, PagSeguro e Mercado Pago
  • Gateway de pagamento: escolhendo esse, as soluções de pagamento já estarão integradas a sua plataforma.

7- Organize a integração com o estoque

A integração com estoque serve para te ajudar na gestão dos produtos e pedidos feitos na loja.

Dessa forma, se você possui uma loja física, o ideal é integrar o ERP usado na gestão da loja com o e-commerce para centralizar em uma ferramenta. No entanto, se é apenas um e-commerce é importante ter um local físico para manter o estoque e ter um controle maior.

8 – Organize o frete

Para organizar o frete, em primeiro lugar é necessário entender para quais regiões você vai vender, se apenas para uma região específica ou para todo o Brasil. Depois disso, organizar a forma de entrega, se será apenas pelos correios, por um sistema de entrega próprio ou se será necessário contratar uma transportadora.

9- Tenha alguém responsável pelo e-commerce

Quando você tem um funcionário ou uma equipe responsável apenas pelo e-commerce as análises e demandas ficam concentradas neles, isso otimiza tanto o  processo de vendas quanto as estratégias de melhorias para o seu negócio.

10-  Estruture estratégias de marketing digital

Por fim, depois de entender todo o mercado, como quer o seu e-commerce e para quem quer vender, estruture uma estratégia de marketing para que as pessoas conheçam a sua loja digital e comprem nela. Afinal, sabemos que no meio digital o consumidor tem mais opções de lojas  do que no presencial, então nada melhor do que uma boa estratégia para ele escolher a sua!

Se não tiver estrutura dentro da empresa, esse serviço pode ser terceirizado, assim, paga uma mensalidade para uma agência que fará toda essa estratégia para você!

Temos esse serviço aqui! Se você quer saber mais, então  clique aqui para agendar a sua reunião.