E-mail Marketing: uma estratégia poderosa para vender mais

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
e-mail-marketing

Que o Marketing Digital é uma das principais formas de aumentar os resultados de vendas de todo e-commerce isso não é mais novidade. Mas, sabia que o e-mail marketing é uma das estratégias mais eficazes para estreitar o relacionamento, nutrir leads e gerar vendas?

Por muito tempo, e-mail marketing foi sinônimo de spam e abordagens intrusivas, o que levou muitas pessoas a ignorar ou deletar as mensagens e até mesmo as empresas não acreditarem em sua eficiência. 

Mas, com novas ferramentas e estratégias avançadas, o uso dos e-mails pode ser muito mais eficiente, chegando para as pessoas certas, na hora certa, com a mensagem certa. 

Aqui vamos explicar tudo sobre o que é e-mail marketing e como usar da melhor forma. Se você é iniciante e quer começar a fazer este tipo de conteúdo ou se já tem uma estratégia e quer melhores resultados, este conteúdo é para você!

Se você quer saber como trabalhar com o e-mail marketing, então, continue lendo!

Boa leitura! 

O que é e-mail marketing? 

E-mail marketing é a estratégia de envio de conteúdos para uma lista de contatos, com a intenção de estabelecer uma comunicação mais próxima com quem recebe. Geralmente o disparo é realizado por meio de ferramentas de automação, já que são enviados em grandes quantidades. 

Os e-mails são uma forma de divulgar produtos, informar sobre ofertas e enviar mensagens aos consumidores, como uma grande panfletagem virtual.

Porém, o conteúdo do e-mail deve ser direto, humanizado, pensado especificamente para cada destinatário, com uma mensagem que traga algum tipo valor para a sua vida. 

Por que utilizar? 

O e-mail marketing é o terceiro canal de marketing mais usado pelas empresas. E-commerces e as redes sociais ganharam muito espaço na última década, mas os e-mails se mantêm fortes com boas estratégias.

Nosso endereço de e-mail concentra todas as ações que fazemos em outros canais. Por exemplo, toda vez que criamos um login em qualquer site, utilizamos o endereço de e-mail. Assim, ele é uma parte essencial das atividades na Internet, como se fosse um CPF digital. 

No e-mail marketing, é possível prever e analisar a taxa de abertura, quantos clicaram nos links inseridos, entre outros, isso porque muitas plataformas de automação já são preparadas para entregar esse dados.

Além disso, você pode personalizar os e-mails como quiser, com templates, imagens, gifs, links, é só usar a criatividade. 

Sem falar que o ROI do e-mail marketing é um dos mais altos entre os canais de marketing. De acordo com dados de 2019 da Litmus, para cada $1 investido em e-mail marketing, as empresas obtêm $42 de retorno, em média. Dependendo da indústria, esse retorno pode ser ainda maior.

Que tipo de e-mail marketing produzir?

Provavelmente, você já deve estar convencido que utilizar e-mail marketing para aproximar o público e gerar mais venda é uma ótima estratégia. Porém, pode estar se perguntando: que tipo de e-mail devo/posso enviar? 

Existem vários tipos de e-mails para incluir em seu planejamento. A divulgação de produtos não é o único conteúdo que você pode usar. Até mesmo aquele e-mail confirmando uma compra pode fazer parte do e-mail marketing.

Confira algumas dicas de conteúdo para seu e-mail marketing:

  • Newsletter (pode-se selecionar alguns dos principais assuntos que seu público goste, enviar em um template personalizados e com alguns call to action);
  • Atualizações (se sua marca tem um blog, separe alguns conteúdos e envie por e-mail para que seu público seja direcionado para o blog e aumente o tráfego);
  • Promoções (selecione alguns produtos, promoções, insira links da página de compra e envie para que seu público seja estimulado a adquirir produtos seus); 
  • Editorial (aqui você pode trazer a sua visão sobre determinado assunto como uma forma de aproximar e conectar mais o público); 
  • Transacionais (esse é o tipo de e-mail que o consumidor deve receber para confirmar uma compra, sobre abandono do carrinho);
  • Pesquisas (para conhecer ainda mais seu público, pode-se enviar e-mails com algumas perguntinhas simples e objetivas que te ajudem a ser cada vez mais assertivo com o consumidor).

Existem outros tipos de conteúdos que você pode definir para os e-mails marketing. Desenvolva algo que represente a sua marca. 

Monte uma campanha

Não basta apenas enviar um e-mail ou criar o conteúdo sem uma intenção. É preciso planejar e desenvolver uma campanha. Primeiramente, é preciso traçar seus objetivos, a persona, a linha dos conteúdos, os indicadores, entre outros elementos. 

Você precisa criar sua base de contatos para que eles possam receber os e-mails. Para coletar e-mails, você pode inserir formulários no site, criar landing pages e oferecer conteúdos e materiais ricos em troca do contato. 

Além disso, segmente sua lista de contatos. Seja por características demográficas, interesses, histórico de interação ou até mesmo pela etapa do funil em que ele se encontra. 

Crie um fluxo de e-mails, selecione os tipos de conteúdos e como será o layout, defina a periodicidade em que serão enviados e escolha as métricas que serão analisadas. Dessa forma, é possível mensurar os resultados de suas estratégias. 

Viu porque o e-mail marketing é uma estratégia que funciona e que pode trazer grandes resultados, quando trabalhado da forma correta?! 

Então, já está na hora de começar a sua estratégia de e-mail marketing! Planeje as campanhas com foco na persona, execute os envios de acordo com as boas práticas, avalie os resultados e otimize os e-mails para melhorar sempre.

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe com sua equipe e continue acompanhando nosso blog para não perder nenhum material. 

 

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Aproveite e veja também

Buscando uma agência
para implantação
de e-commerce?