Plataforma de e-commerce: 6 sites para de hospedar o seu

plataforma de e-commerce

Criar e organizar um e-commerce envolve muito trabalho. É necessário processar pagamentos, lidar com clientes e gerenciar estoques. Mas, a primeira coisa que você precisa fazer é escolher qual plataforma de e-commerce você vai usar.

Existem diversas plataformas especializadas em ajudar seus usuários a montarem lojas virtuais. Esses serviços contam com milhares de modelos de sites e normalmente atendem a todo tipo de e-commerce, seja você um vendedor de produtos artesanais ou serviços, entre muitos outros.

É essencial que você tenha em mente que seu website precisa agregar atividades específicas, como por exemplo:

  • Facilidade para cadastrar produtos e descrições; 
  • Agilidade no carregamento das páginas – para evitar a perda de vendas;
  • Possibilidade de customização do layout e;
  • Elementos de segurança para efetuar pagamentos. 

Dessa forma, ao pesquisar uma plataforma de e-commerce, analise a largura da banda, a compatibilidade, confiabilidade e seu nível de segurança. Assim, identifique que plataforma mais se adequa e atende as necessidades do seu negócio. 

Para te ajudar nesse processo, separamos abaixo 6 plataformas de e-commerce que podem ser usadas para iniciar sua jornada  no comércio digital. Se você quer saber quais são, então, continue lendo. 

Este conteúdo foi feito para você. Boa leitura!

Qual plataforma de e-commerce escolher?

plataforma de e-commerce

Nuvemshop

Com mais de 50 mil lojas ativas, a Nuvemshop é ideal para Pequenas e Médias Empresas (PMEs) e grandes marcas que buscam aumentar suas receitas por meio da internet. Com ela, você pode gerenciar seus produtos por catálogos, além de automatizar pedidos e entregas.

Um dos destaques da ferramenta é que ela tem compatibilidade com mais de 30 aplicativos para o usuário personalizar a sua loja virtual como quiser. Tem funções para criar ofertas relâmpago, criador de banners, recomendações de produtos e busca inteligente, entre outros.

Além disso, possui integração com os maiores players do mercado, especialmente nas categorias de envios (Correios, Loggi, Envio Fácil, Jadlog e Mercado Envios) e de pagamento (Wirecard, Paypal, PagSeguro, Mercado Pago etc).

Magento

Outro nome popular quando falamos de melhores plataformas de e-commerce é Magento, voltado para empresas de grande porte.

A plataforma pode não ser a mais amigável em termos de usabilidade para o usuário. Mas, ainda assim, ela se destaca pela riqueza de funcionalidades. É altamente segura e também permite usar muitos temas e plugins a gosto.

Além disso, o Magento também possui planos em valores mais acessíveis. Mas, sua principal vantagem está na possibilidade de utilizar diversas extensões gratuitas, criadas pela equipe por trás do serviço ou pela comunidade de usuários.  

WooCommerce

O WooCommerce não é uma plataforma de e-commerce independente. Ele é um plugin que roda, na verdade, no WordPress, o CMS mais popular do mundo.

O WooCommerce tem um ótimo desempenho ao adicionar um sistema de e-commerce à plataforma, por exemplo. O painel de controle do WordPress é intuitivo para iniciantes começarem sua loja virtual imediatamente. 

A ferramenta lida facilmente com todos os recursos básicos, de publicar itens para venda até os processamentos de pagamentos. Além disso, você pode melhorar a funcionalidade do plugin usando extensões dedicadas.

Shopify

o Shopify é conhecido pela acessibilidade e disponibilidade de modelos prontos. Ou seja, a principal vantagem é a de permitir que monte sua loja e a configure o mais rápido possível, acelerando seu lançamento.

Além disso, o Shopify também cria lojas com design responsivo, ou seja, otimizadas para tela de smartphones, tablets e computadores. O Shopify é um serviço que funciona por assinatura, mas pode ser experimentado gratuitamente por um período.

PrestaShop

Diferente do WooCommerce, o PrestaShop é uma plataforma de e-commerce dedicada. Isso quer dizer que dessa forma você pode criar uma loja online que, além de bem estruturada e com um visual moderno, será feita em um curto espaço de tempo.

A ferramenta entrega diversas funções, como por exemplo, incluir um sistema de gerenciamento avançado de produtos, múltiplas opções de pagamento, checkouts personalizados e  até mesmo permite que você verifique e controle a cobrança de taxas.

Além de ter todos esses recursos integrados, você também pode melhorar o uso da plataforma usando plugins e temas, por exemplo.

Está gostando do material? Então, continue lendo porque agora vamos apresentar as duas plataformas de e-commerce que mais utilizamos na Método. Confira! 

Tray

Com mais de 15 anos de história e experiência, a Tray conta com planos que servem tanto a pequenas quanto grandes empresas, podendo ser integradas aos sistemas de marketplace de grandes redes varejista. 

A Tray oferece, em um único local, ferramentas de: e-mail marketing; logística; segurança; app para dispositivos móveis, entre outros – além da loja de aplicativos que podem ser integrados à plataforma, por exemplo.

Entre as funcionalidades, tem o acesso ao código-fonte, que permite fazer alterações além do editor já embutido. Além disso, existe uma variedade de modelos prontos para criar lojas que podem ser acessadas tanto pelo computador quanto pelo celular. 

VTEX

Focada em resolver os desafios constantes do varejo, a VTEX é uma plataforma de código aberto, o que significa que você consiga implementar novas experiências para seu cliente, integrando soluções externas para tornar sua loja mais completa.

Com a VTEX você consegue integrar praticamente tudo, como por exemplo: CRM, ERP, logística, transportadora. 

O que nas outras plataformas de e-commerce não é possível, na VTEX é. Como por exemplo, reservar um horário para o vendedor atender o cliente na loja; permite que seu cliente possa comprar no site e realizar troca em qualquer loja; a ferramenta possui atualizações constantes, dessa forma, você não necessita ter um TI interno. 

A VTEX te permite: 

  • usar táticas avançadas de precificação e aplicações de promoção de acordo com as suas próprias segmentações; 
  • gerenciar múltiplos estoques e catálogos; 
  • internacionalizar suas lojas e gerenciar diversas moedas e condições de pagamento e muito mais. 

Se dedique na busca de uma plataforma de e-commerce que seja ideal para o seu negócio. Pesquise e analise. Ou melhor, conte com uma Agência de Marketing Digital e E-commerce para ajudar neste processo tão importante. Conte com a gente!   

Write a comment