E-commerce: você sabe o que é? Descubra aqui!

e-commerce o que é

Com o passar dos anos, a forma de vender vem se transformando constantemente. Isso, devido a mudança no perfil dos consumidores e as novas exigências do mercado. Com isso, surge a necessidade de você, comerciante, está nos principais canais de venda, como é o caso do e-commerce. Mas, afinal, você sabe o que é um e-commerce?

E-commerce é uma abreviação de electronic commerce, ou “comércio eletrônico”, em uma tradução literal. Essa utilização da letra “e” para indicar algo que se dá na internet é semelhante à da feita no famoso e-mail, que significa “correio eletrônico”.

O e-commerce é Considerando a nova economia, o e-commerce tem ganhado cada vez mais relevância no empreendedorismo. De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOMM), estima-se que as vendas de e-commerce devem crescer 18% ainda este ano, o que pode movimentar 106 bilhões de reais.

Mas, para ingressar nesse mundo e ter sucesso, é preciso entender sobre o assunto.

É sobre isto que vamos falar ao longo deste conteúdo. Se você quer saber o que é, qual sua funcionalidade, as vantagens, entre outras, continue acompanhando nossos materiais. Ao longo das próximas semanas, iremos falar mais sobre e-commerce. 

Boa leitura!

Desvendando o e-commerce 

Neste modelo de negócio, geralmente são vendidos produtos ou serviços que estamos acostumados a ver e consumir em lojas físicas. A diferença é que, quando falamos sobre o que é e-commerce, é necessário entender que ele funciona como uma grande vitrine. Contém preços, tamanhos, cores, informações técnicas sobre o produto em questão. Tudo que o cliente precisa saber para tomar a decisão de compra. E o melhor, tudo acontece online, disponível 24h por dia.

Uma das grandes vantagens do e-commerce é o autoatendimento dos clientes. Desde a escolha do produto, até a finalização do pedido, incluindo a escolha da forma de pagamento e envio. Por isso, é importante que o comerciante ofereça um ambiente com boa navegabilidade e clareza de informações sobre os produtos. Existe infinitas plataformas de e-commerce no mercado, é preciso estudá-las um pouco e entender quais atendem melhor às necessidades dos seus clientes.

Um detalhe importante, para que o cliente receba o produto que escolheu online, há algumas etapas de estoque e logística que o anunciante deve incluir em sua rotina. Afinal, apesar de todos os processos serem realizados pelo cliente no online, o lojista é encarregado/responsável por enviar o produto até o cliente.

Outro benefício é poder anunciar seus produtos em e-commerce de grandes marcas, que já possuem muitas visitas. Mediado por uma empresa, o marketplace é um e-commerce no qual que diversos lojistas se cadastram e comercializam seus produtos. Estratégia obrigatória para todos que desejam ter sucesso no ambiente online.

Agora que você já sabe o que é, que tal conhecer melhor a história e os processos de um e-commerce? Continue lendo para descobrir. 

História do e-commerce

Com aproximadamente 25 anos de existência, o e-commerce é um modelo relativamente novo no Brasil e no mundo. Esse tipo de mercado ganhou força por volta de 1994, quando o americano chamado Jeff Bezos iniciou, com pouquíssimo investimento e na garagem de casa, uma loja virtual de livros.

Criada despretensiosamente, a empresa se tornou a famosa e grande Amazon. Atualmente, a Amazon é uma das empresas mais valiosas do mundo e possui uma grande variedade de produtos: brinquedos, eletrônicos, vestuários, acessórios e, claro, os livros.

A Amazon é um exemplo para o e-commerce mundial e pode ser um modelo/inspiração para você que quer começar ou expandir o seu negócio para o online. 

Já no Brasil, o e-commerce surgiu quando o empreendedor brasileiro, Jack London, visitou os Estados Unidos. Ele foi até a sede da Amazon e pediu para conhecer a companhia e aprender um pouco mais sobre a sua história.Quando London voltou para o Brasil e se empenhou em montar a Booknet, primeira loja virtual brasileira,  entrando no ar em fevereiro de 1996.

Depois de alguns anos, o empreendedor vendeu o site para outro grupo de empresários. Logo depois, voltou com outro nome, Submarino. A empresa juntou-se com a Americanas.com e o Shoptime, criando o Grupo de marketplaces B2W. 

Pouco tempo depois, o mercado de vendas online foi se popularizando e cresceu rapidamente para o que conhecemos hoje. 

e-commerce o que é
Processos de um e-commerce

Para que o processo de descoberta do e-commerce, a escolha do produto, a compra, pagamento e até a entrega seja realizada com sucesso, é preciso que o comerciante esteja preparado e atento aos pontos abaixo.

Fornecedores

Para ter uma diversidade de produtos e, sobretudo, poder de negociação, você deverá ter bons fornecedores, de quem vai comprar os artigos para revender aos seus clientes.

Essa opção só não se aplica àqueles que vendem produtos de confecção própria, mas, ainda assim, os materiais utilizados para peças precisam estar disponíveis para venda e compra do comerciante.

Informações sobre os produtos

Assim como em uma loja física, os produtos precisam ser apresentados de forma atraente, como se de fato fosse uma vitrine.

É necessário ter em mente que, ao comprar online, as pessoas não têm o contato físico. Por isso, boas fotos e descrições completas dos produtos são essenciais. 

Para trazer o máximo de informações, é preciso especificar quais são as cores disponíveis, texturas, qual o peso, quais as dimensões do produto e, ainda, no caso de roupas, disponibilizar uma tabela de medidas para cada um dos tamanhos ou até mesmo disponibilizar o tamanho que o modelo está utilizando. Assim, o cliente pode ter uma maior noção de como ficará a peça em seu corpo e reduzir as trocas e reclamações do produto. 

Dessa forma, é possível aumentar a confiança dos consumidores que ainda não têm tanta certeza se compram um produto que ainda não viram pessoalmente.

Formas de pagamento

Para atender um público maior, o e-commerce precisa disponibilizar diferentes formas de pagamento para o cliente. Entre as mais comuns estão o cartão de crédito ou de débito, boleto e a transferência bancária.

Assim, os clientes podem escolher a que se encaixa melhor em seu perfil. Há e-commerces ainda, que permitem combinar mais de uma forma de pagamento. Tudo isso, para atender as necessidades do comprador.

Entrega

Para que os produtos comprados online cheguem até seus clientes é necessário escolher bem os parceiros de envio. As compras podem ser enviadas pelos Correios ou por outras transportadoras. 

É importante sempre comparar as opções em relação a prazos e preços, afinal, esse é um fator que costuma impactar a experiência dos consumidores e pode causar à desistência da compra.

Se você quer investir na criação de um e-commerce e pensa na possibilidade de terceirizar esse serviço, nós temos a solução ideal para você. Entre em contato agora mesmo com nosso time de especialistas em e-commerce e marketing digital. Os resultados são garantidos.

Confira aqui alguns cases de sucesso:
QUERO CRIAR AGORA MEU E-COMMERCE DE SUCESSO!
Write a comment